Custo de produção da fazenda: saiba como calcular o seu

Share

Custo de produção da fazenda: saiba como calcular o seu

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar Teste Grátis

A fazenda é uma empresa rural, e como tal, necessita de uma gestão criteriosa para cada vez mais aumentar a lucratividade de suas atividades.

Um ponto chave desta gestão, é saber onde você está alocando seus recursos e se estes estão te fornecendo o retorno esperado.

É neste ponto que entra o custo de produção agrícola, e para te auxiliar a entender sobre esse assunto, venha conferir neste artigo algumas informações que irão te ajudar!

Porque calcular o custo de produção da fazenda?

A fazenda é uma empresa rural e, como toda empresa, saber o custo de produção é importante para conhecer a rentabilidade do seu negócio.

Anotar os valores gastos e recebidos, assim como saber quais são seus custos fixos e variáveis é fundamental para a contabilidade rural.

Portanto, o planejamento agrícola é algo imprescindível, pois saber o que fará, como fará, e quando fará, já auxilia na tomada de decisão dos valores a serem gastos e onde serão gastos.

Há diversos modos de calcular o custo de produção da sua fazenda, e em todos é necessário anotar tudo o que é gasto e tudo que é recebido.

É preciso, então, saber o fluxo de caixa da sua fazenda, e para isso, qualquer gasto, mesmo que for a compra de um parafuso, necessita ser anotado.

Só com esse controle você terá um custo de produção adequado e conseguirá ver qual a real lucratividade da sua atividade.

Além disso, com custo feito de modo correto, você consegue ver em que parte da produção está ocorrendo o maior gasto e se tem algo que pode ser feito para reduzi-lo.

Enxergando sua fazenda como empresa rural, fazendo corretamente a contabilidade e o custo de produção de toda área, certamente você obterá maior lucratividade.

Falar de planejamento, de saber o fluxo de caixa, de investimento, de saber o valor de venda do produto para pagar todas as despesas.

>>> MATERIAL GRATUITO: E-BOOK GUIA COMPLETO PARA GESTÃO AGRÍCOLA <<<

Componentes básicos da maioria dos cálculos de produção

Para fazer o custo de produção agrícola, são definidos os custos fixos e custos variáveis.

Custo fixo é definido como valores gastos que são independentes da quantidade produzida, ou seja, o valor será o mesmo com alta ou baixa produtividade.

Exemplos de custos fixos são: terras, máquinas, equipamentos, mão de obra, correção do solo, entre outros.

Este custo leva em consideração a depreciação de equipamentos, juros, capital investido na terra, seguro, valor de mão de obra permanente, taxas e impostos.

Já o custo variável muda conforme a quantidade produzida, ou seja, é todo valor que gastará para produzir, o qual não gastaria caso não o fizesse.

Portanto, o custo variável considera o valor gastos de insumos, que compreende semente, adubos, defensivos, entre outros, além de mão de obra temporária, reparos, combustível.

Então, o custo fixo deve ser considerado principalmente nas tomadas de decisões a longo e médio prazo, sobre os investimentos da empresa rural.

E as decisões de curto prazo são influenciadas pelo custo variável, sendo fundamental o planejamento para estas tomadas de decisões.

O custo total da fazenda nada mais é que a soma do custo fixo com o custo variável.

Determinando o custo total, você já consegue saber qual o valor mínimo de venda para que consiga pagar todos seus gastos.

Lista do que compõe os custos fixos e custos variáveis
Fonte: Instituto Agro

Como fazer o custo?

As duas principais metodologias de cálculos de custo de produção são da Conab e do IEA.

Veja abaixo um exemplo de cada uma destas metodologias de custo de produção agrícola.

Exemplo de custo de produção estruturado pelo Instituto de Economia Agrícola (IEA)
Fonte: Oliveira e colaboradores, 2015
Exemplo de custo de produção estruturado pelo do custo da Conab
Fonte: Conab

Porém, independente da metodologia que deseja, alguns pontos são importantes em qualquer custo de produção.

Para fazer o custo da sua produção agrícola é de suma importância anotar todos os gastos e recebimentos.

Neste contexto, ter um estoque de peças organizado te auxiliará muito neste momento.

Além das peças, anote a quantidade gasta de produtos, sementes, combustível, ou seja, anote tudo que for gasto que tenha relação com a produção.

Por exemplo, se você comprou 100 litros de um produto, mas utilizou apenas 50 litros, anote somente os 50 litros gastos.

Desse modo, você calcula corretamente o quanto foi gasto e saberá qual o preço mínimo para cobrir seus custos ao final da safra.

Não esqueça de anotar as horas trabalhadas dos funcionários, assim terá maior controle do tempo gasto e o valor que emprega em cada atividade por mão de obra.

Para te auxiliar, tenha um checklist custo de produção, com o que geralmente é gasto, e assim evitar esquecer de algo.

Outro ponto importante é onde anotar estes dados?

Pode parecer uma pergunta fácil de responder, entretanto, ter uma organização nas anotações é indispensável.

Anotar em qualquer papel uma hora você perderá os dados, isto é fato!

Portanto, tenha um controle rígido nestes dados, as anotações podem ser feitas ainda em planilhas, cadernetas de anotação, mas cuidado para não perder os dados.

Após as anotações, o outro ponto é fazer o cálculo, saber qual foi gasto com produto, gasto com sementes, ou seja, fazer a gestão de custos.

Pode parecer simples, mas ter e fazer o controle da gestão dos custos é complicado.

E com o avanço tecnológico, que chegou ao campo, empresas desenvolveram softwares de gestão agrícola que te auxiliam neste momento.

Além de ser uma ferramenta online, ou seja, você pode inserir seus dados de forma segura, e acessar as informações onde quiser, eles calculam e mostram os seus custos.

O software de gestão agrícola da MyFarm foi desenvolvido para te ajudar no gerenciamento da sua empresa rural, de forma fácil e rentável.

Software MyFarm: como funciona?

A função do software de gestão agrícola MyFarm é simplificar e organizar os dados e processos da sua fazenda.

É fácil de utilizar e por ele você tem controle de todas as receitas e custos da fazenda no geral e por talhão

No MyFarm você, produtor, insere seus dados e o software te fornece várias informações sobre sua atividade rural.

Por ser um software online, você pode ter no seu celular ou no seu computador, com isso consegue acessar de qualquer local as informações que deseja da sua propriedade, como:

  • Atividades agrícolas;
  • Maquinários;
  • Financeiro;
  • Suprimentos (estoque);
  • Produção das áreas;
  • Resultados.

Com todas estas e mais informações fornecidas pelo software, você consegue saber onde foram os maiores gastos da produção.

Com isso consegue elaborar estratégias para redução destes gastos e assim aumentar sua rentabilidade.

Consegue obter informações de quantas sacas por hectares foram colhidas em cada talhão, os custos de produção deste talhão, sabendo qual valor mínimo de venda do produto, para pagar os custos da sua produção.

Ou seja, o software de gestão agrícola da MyFarm irá facilitar sua vida, em relação ao tempo gasto para obter informações e te auxiliará nas tomadas de decisões de modo mais assertivo!

Quer fazer uma demonstração grátis do software MyFarm, clique aqui!

Conclusão

Como vimos, calcular o custo de produção da fazenda pode parecer fácil, mas é necessário conhecimento e controle das informações.

Além disso, não existe uma metodologia certa de cálculo, e sim a que melhor você irá se adequar.

Porém o importante é você não deixar de realizá-lo, e para te ajudar neste assunto, o software de gestão agrícola da MyFarm é uma ótima opção!

Espero que tenha esclarecido algumas dúvidas sobre o tema. Quer saber mais sobre gestão de custos? Leia nosso artigo de7 passos para fazer a diferença na gestão.

Até mais!


Publicado por:
Somos o software de gestão agrícola que vai revolucionar a forma como você administra a sua fazenda.
Share

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *