Insumos agrícolas: saiba aqui como planejar a compra

Share

Saiba como planejar a compra de insumos agrícolas

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar Teste Grátis

Para conseguir altas produtividades é necessário reservar um tempo bem anterior a safra para fazer o planejamento de compra de insumos agrícolas. Com esse planejamento de compra a margem de lucros aumenta para você, produtor.

Vamos saber mais como aumentar os lucros com o planejamento de compras de insumo? Continue a leitura que você vai saber isso e muito mais.

Antes de mais nada, vou explicar o que são insumos agrícolas

Insumos agrícolas são essenciais na produção agrícola. Os insumos agrícolas compreendem equipamentos, máquinas, elementos de origem vegetal ou animal, restos de culturas, sementes, mudas, microrganismos, fertilizantes, pós de rocha e defensivos agrícolas.

De fato, a importância dos insumos agrícolas melhoram a qualidade da produção agrícola. O uso de insumos agrícolas é importante pois contribuem no resultado final da produção, seja na produtividade ou na melhor qualidade do produto.

Os insumos agrícolas são classificados em biológicos, químicos ou mecânicos. Vamos explicar cada um deles, a seguir.

O que seriam os insumos agrícolas classificados como biológicos?

Insumos agrícolas biológicos são produtos feitos a partir de microrganismos, materiais vegetais que são utilizadas nos sistemas de cultivo agrícola para combater pragas e doenças. Assim como, melhorar a fertilidade do solo.

Enfim, todo composto orgânico utilizado na produção agrícola, como o esterco animal, fertilizantes naturais, adubos, insetos como abelhas polinizadoras e os predadores de pragas.

Do mesmo modo, os restos de colheitas antigas que se juntam ao solo também são considerados insumos agrícolas de origem biológica.

insumos agrícolas - biológicos
Figura 1. Os insumos biológicos são derivados de microrganismos, extratos vegetais, pesticidas naturais que controlam pragas e estimulantes biológicos que são capazes de promover crescimento. Os insumos biológicos apresentam especificidade para o alvo e baixo impacto em organismos não alvo.

E os químicos?

Os insumos químicos utilizados na agricultura incluem materiais oriundos de minerais, como o calcário, os adubos químicos e os defensivos agrícolas. Os adubos químicos tem sua origem a partir da extração de minérios ou do petróleo.

Os defensivos agrícolas são insumos formados pela combinação de elementos químicos com material inerte e são feitos em laboratórios. Contudo, são utilizados para proteger as plantas de pragas.

insumos agrícolas - químicos
Figura 2. Os defensivos agrícolas são classificados de acordo com o tipo de praga que controlam, mecanismo de ação, toxicologia animal e periculosidade ambiental. O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) realizam a avaliação ambiental dos agrotóxicos.
Fonte:IBAMA

>>> DOWNLOAD GRATUITO: PLANILHA PARA GESTÃO DE INSUMOS AGRÍCOLAS <<<

A classificação de acordo com a praga alvo, os defensivos agrícolas podem ser inseticidas, acaricidas, fungicidas, nematicidas e herbicidas. Os inseticidas são produtos à base de substâncias químicas ou agentes biológicos que controlam insetos, como, lagartas, percevejos e pulgões.

Os acaricidas são defensivos que controlam ácaros e os fungicidas são agentes físicos, químicos ou biológicos que combatem fungos causadores de doenças nas plantas. Os nematicidas são defensivos utilizados para o controle de nematoides que parasitam os cultivos.

Para que servem os herbicidas?

Os herbicidas são produtos que servem para impedir o crescimento de plantas daninhas. Os defensivos agrícolas também são classificados de acordo com o mecanismo de ação na praga alvo, devido ao local e o modo de ação do produto.

E de acordo com a toxicologia em animais, existe quatro classes toxicológicas. Sendo classe I (extremamente tóxico – cor vermelha),classe II (altamente tóxico – cor amarela),classe III (medianamente tóxico – cor azul) e classe IV (pouco tóxico – cor verde).

Cada classe é representada por uma cor e no rótulo do produto comercial deve constar faixa com a cor da respectiva classe toxicológica. Que é definida após a avaliação toxicológica realizada com estudos relacionados aos riscos a exposição aos defensivos.

O que se classifica como insumos agrícolas mecânicos?

Os insumos agrícolas de origem mecânica são compostos pelas máquinas, equipamentos e implementos agrícolas. Como exemplo de insumos mecânicos temos os arados, semeadoras, tratores, pulverizadores e equipamentos de irrigação.

As máquinas e os implementos agrícolas são parceiros os seus parceiros, na execução das tarefas, o que resulta em maior rapidez das atividades agrícolas, não é mesmo? Selecionar o equipamento adequado proporciona melhor custo e tempo de operação.

Os insumos agrícolas classificados como implementos são, os arados, o subsolador, grades aradoras e niveladoras e pulverizadores. Vamos para uma breve explicação de cada um deles?

A importância dos arados

Os arados fazem uso das camadas mais superficiais do solo, onde a plantação nasce e se desenvolve. O arado pode ser de disco ou de aiveca que proporciona ao solo aeração, infiltração, armazenamento de água e torna uniforme a fertilidade.

insumos agrícolas - mecânicos
Figura 3. O arado prepara o solo para o cultivo de plantas. Também revolve a camada subsuperficial que é a camada de solo abaixo dos 20 cm de solo e promove o enterrio de restos de cultivos ou de plantas daninhas.
Fonte:Agriexpo

O subsolador é usado para quebrar camadas compactadas, nos níveis mais profundos do solo. Essa camada compactada é formada pela circulação contínua de máquinas pesadas na lavoura. Contudo, o subsolador não resolve o problema de compactação do solo, é medida temporária.

A operação de subsolagem possui custo operacional alto, pois exige tratores potentes que apresentam grande consumo de combustível. Mas, a prática de subsolagem tem aumentado nos últimos anos de forma indiscriminada.

Outro insumo agrícola mecânico são as grades aradoras fazem duas operações, a aração e a gradagem na profundidade que varia de acordo com a finalidade. As grades incorporam adubos, enterram sementes distribuídas a lanço e destorroa o solo.

insumos agrícolas - grades
Figura 4. As grades demandam força de tração que variam de acordo com o tamanho dos discos, formato e peso. E essas características influenciam diretamente também na profundidade de trabalho.
Fonte: Prof. Dr. Rubismar Stolf

E não podemos esquecer de falar dos pulverizadores, os auto propelidos são aqueles que não são desacoplados e tem sido cada vez mais comum. Mas os pulverizadores tratorizados são amplamente usados. Ambos protegem a lavoura contra pragas, doenças e insetos, por meio da pulverização de produtos agroquímicos.

A função dos pulverizadores

Os pulverizadores são usados para distribuir os produtos agroquímicos em quantidade correta e nos locais desejados da planta. O pulverizador agrícola possui barra com múltiplas pontas de pulverização, dessa forma, é possível cobrir grandes áreas em intervalo de tempo reduzido.

Além da definição anterior, os insumos agrícolas podem ser classificados em natural, trabalho e capital. Os insumos naturais são relacionados com a matéria prima. Os de trabalho se referem a mão de obra e os insumos de capital são relativos ao investimento realizado no serviço.

Como planejar as compras para reduzir o custo?

Planejar as compras é o caminho para reduzir o custo dos insumos agrícolas. Você planeja suas compras? Lembre-se que o valor investido na compra de produtos agrícolas é o maior custo da produção da safra, por isso, merece todo planejamento.

Para reduzir os custos dos insumos agrícolas é necessário realizar a compra do produto que apresenta a melhor relação custo x benefício. Ou seja, tem o melhor custo para o seu bolso e melhores vantagens para a sua produção.

E não se deve atrasar a decisão de compra e ficar postergando a compra de insumos agrícolas, pois senão você fica refém do prazo da entrega e isso pode prejudicar o seu cultivo.

Fique atento à cotação!

Outra dica indispensável que deixamos a vocês é fazer a cotação dos produtos com o maior número possível de fornecedores e utilizar táticas de negociação para garantir o menor custo de insumos. Além de manter atualizado o histórico de compras por produto/fornecedor e controlar o estoque da fazenda.

Quando você faz a escolha dos insumos apropriados, conforme o planejamento estratégico, economiza dinheiro. Ao construir bom relacionamento com fornecedores facilita a negociação.

Mas é necessário pesquisar os melhores fornecedores e comparar o preço do produto, custos do frete, prazos e juros, e garantir assim o menor custo na compra de insumos agrícolas.

Ao planejar a compra de insumos agrícolas permite realizar a compra no momento certo e manter os estoques regulados, e assim reduz custos e auxilia o produtor no manejo dos cultivos. A aquisição, a organização do recebimento e pagamento dos insumos antecipados, permite que o produtor atinja maiores lucros.

O ideal é que todo o planejamento seja realizado antes do início da safra, pois assim permite a tomada de decisão antecipada.

Dicas de negociação de insumos agrícolas

É necessário como mencionado acima realizar planejamento, pois os ciclos das safras influenciam no preço dos insumos nas revendas. Logo, é importante estar atento às projeções de safra, realizar pesquisas no mercado e gerar assim dados que são usados no momento da negociação.

Alguns produtores julgam mais importante atingir melhor preço, outros garantir relacionamento de longa data com o fornecedor. No caso de se procurar negociação que seja em melhores preços mas relacionamento a curto prazo, a pechincha é a técnica recomendada.

No entanto, se o foco é manter o relacionamento a longo prazo, usar a técnica de soluções de problemas é mais eficaz. Nessa técnica ouve-se todas as sugestões, tanto as suas como do fornecedor, para coletar maiores informações que criam propostas de negociação mais flexíveis.

Como saber se a negociação foi boa?

A negociação de sucesso é aquela em que ambas as partes se sentem beneficiadas e usar ferramentas que auxiliem no processo é importante. A tecnologia gera facilidade de comunicação e aproxima produtores e os fornecedores de insumos agrícolas.

Devem ser considerados na escolha dos fornecedores de insumos agrícolas o atendimento, o preço, a entrega dos produtos e a política de pagamento que eles possuem. Nesse sentido, formas de pagamento se parcelado, descontos com pagamentos à vista ou boleto, devem ser consideradas na hora da escolha do fornecedor.

Pesquisar na internet e conversar com outros produtores auxilia a encontrar o melhor fornecedor. Ele deve apresentar credibilidade, indica insumos de acordo com as suas necessidades, orienta quanto ao uso e possuem política de trocas clara.

O prazo de entrega tem que ser compatível com as suas necessidades e é importante que o prazo estipulado pelo fornecedor seja cumprido. Seja como for, é importante priorizar fornecedores registrados e que forneçam cupom fiscal.

Conclusão

Os insumos agrícolas sejam biológicos, químicos ou mecânicos são fundamentais para garantir boa produção.

Dessa forma, planejar a compra dos insumos agrícolas é o primeiro passo para o sucesso. Seja ao usar estratégias de negociações com o fornecedor ou pela compra antecipada. Estratégias assim, garantirá maiores vantagens a você, produtor.

Gostou das dicas? Continue a leitura no nosso artigo sobre máquinas agrícolas.


Publicado por:
Somos o software de gestão agrícola que vai revolucionar a forma como você administra a sua fazenda.
Share

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *