planejamento-operacional-da-lavoura

Share

Como fazer o planejamento operacional da lavoura

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar Teste Grátis

Para ter uma lavoura rentável é necessário um planejamento operacional eficaz.

Com a ajuda da tecnologia é possível maior assertividade nas diferentes fases do planejamento agrícola da sua propriedade.

O planejamento agrícola é importante e ganhou força no país com a maior profissionalização do setor.

Vamos saber, neste artigo, como fazer o planejamento operacional da lavoura.

Planejamento agrícola: tomadas de decisões

Para realizar o planejamento das diferenças funções da sua fazenda, você deve se informar, procurar ajuda de profissionais e usar todo seu conhecimento agronômico.

Antes de mais nada, o bom planejamento precisa ser alicerçado em dados. Se não, corre o risco de deixar de realizar investimentos necessários ou se investe indevidamente no que não precisa.

ads

Devem ser levadas em conta a análise de dados anteriores antes mesmo do plantio da nova safra. Só assim para a melhor tomada de decisões. Logo, você se torna mais assertivo seja ao:

  • Realizar avaliação do estoque se sobrou algum produto da safra passada;
  • Determinar o tipo de cultivo, janelas ideais de plantio e material genético a ser semeado;
  • Observar a performance dos operadores e do maquinário, sempre buscar melhora-los;
  • Checar o custo benefício dos insumos que se deve adquirir;
  • Fazer análises de solo anualmente;
  • Contratação de pessoas e treiná-las.

Tudo isso pode ser feito pelo gestor de sua fazenda no qual se baseia em dados e planeja as diferentes ações para realizar a melhor tomada de decisão da sua safra.

>>> MATERIAL GRATUITO: E-BOOK GUIA COMPLETO PARA GESTÃO AGRÍCOLA <<<

Etapas do planejamento da safra

Confira a seguir as etapas do planejamento operacional da lavoura.

Planeje a partir de dados

O planejamento assertivo é aquele fundamentado a partir da realidade do campo, usado como base dados confiáveis da sua propriedade. Portanto, é necessário fazer relatórios a cerca de:

  • Em que local foram realizadas correções de solo;
  • O que foi realizado em cada parte do talhão;
  • Os defensivos agrícolas que foram aplicados, com qual frequência e em que áreas;
  • Observar qual foi o nível de infestação de áreas que apresentam daninhas, doenças e pragas;
  • O desempenho das variedades utilizadas;
  • A performance de cada máquina agrícola;
  • As sementes com melhores resultados em cada área.

Levar em conta esses dados permite visualizar de modo mais fácil o impacto de diferentes fatores sobre o desenvolvimento da sua lavoura. Além de contribuir na compreensão sobre as práticas que foram bem sucedidas.

Os dados como quais inseticidas alcançaram bom desempenho no controle de pragas nas últimas safras e em quais talhões tiveram maior presença de pragas. Além da quantidade de aplicações são informações que devem ser levadas em conta na próxima safra.

Por esses motivos, os dados ao longo do ciclo devem ser registrados e essas anotações são decisivas para a gestão da sua lavoura.

Determine os seus objetivos

É fundamental definir ações, que vão te orientar. Você pode determinar tais objetivos:

  • Aperfeiçoar a produção de soja em áreas com infestação de daninhas;
  • Expandir a produtividade em talhões menos produtivos;
  • Estudar a possibilidade do plantio de menor população em áreas férteis, para diminuir o consumo de sementes;
  • Adiantar a colheita da soja em áreas para o cultivo do milho segunda safra.

Dessa forma, os objetivos da safra devem ser definidos por você com clareza no planejamento. Além disso, o planejamento precisa ser fundamentado em diferentes informações sobre a sua fazenda.

Faça o diagnóstico da sua fazenda

Ao se elaborar o planejamento, é fundamental levar em consideração a situação financeira da sua fazenda, analisar o mercado e se houve aumento de preços nos insumos.

O gestor da sua fazenda, deve se atentar a cadeia produtiva e nos fatores que podem impactar a lucratividade do negócio.

Ao realizar o diagnóstico é necessário fazer as seguintes perguntas:

  • Compensa diminuir a aplicação de fertilizantes por causa do aumento de preços?
  • É vantajoso, aumentar a produção de soja e reduzir a de milho verão?
  • Contratempos apresentados nas máquinas justifica renovação da frota?
  • É relevante ampliar os investimentos em novas tecnologias para minha fazenda?

No momento de planejar a safra, essas e outras perguntas devem estar em mente, pois influenciam o seu negócio. Fazer o plano operacional contribui para a definição de estratégias que devem ser executadas ao longo da safra.

Estabeleça o plano operacional

Para a safra, o plano operacional deve especificar todas as ações. Sejam as estratégias para se atingir os objetivos ou alcançar os resultados propostos.

As respostas das seguintes perguntas: o que, como, quanto e quando, ajudam a determinar o planejamento estratégico da sua produção agrícola. Além disso, é fundamental monitorar o cumprimento das etapas do cronograma da safra.

Determine o cronograma agrícola

O cronograma agrícola nada mais é do que o calendário detalhado de ações que devem ser executadas ao longo do ciclo e deve trazer explicação sobre cada ação.

No cronograma agrícola deve ser listada a época certa para cada ação prevista, como:

  • Época certa para colher ou plantar;
  • Momento ideal para cada manejo;
  • Que estratégias empregar em caso de estiagem?
  • Em que momento fazer o controle de doenças e pragas?

O plano de ação do planejamento deve levar em consideração, as características climáticas da sua fazenda, o calendário específico para cada cultura e decidir o momento ideal do plantio segunda safra.

E é fundamental, durante a safra fazer o controle dos gastos para evitar a perda de lucratividade.

Defina o planejamento financeiro

Para alcançar os objetivos definidos para a próxima safra, você deve definir o seu planejamento financeiro. Seja identificar de forma antecipada, quais serão os impactos econômicos que podem tentar te prejudicar.

O planejamento financeiro é ferramenta que ajuda no acompanhamento do desempenho financeiro. Veja os benefícios de se definir o orçamento financeiro para sua safra:

  • Prevê resultados que trazem desempenho diferente do planejado;
  • Possibilita conferir se a safra obteve o retorno previsto;
  • Ajuda os gestores a coordenar planos para situações eventuais.

Ainda mais, o gestor deve definir o orçamento para safra, estabelecer quanto dispõe em cada mês para não extrapolar os gastos da produção.

Ao determinar o orçamento, possibilita, prever gastos no momento em que está prevista a entrada de recursos para o caixa da fazenda.

É necessário que o orçamento seja ajustável às necessidades que podem aparecer ao longo da safra.

Veja algumas dicas para o planejamento financeiro eficaz na sua fazenda:

  • Examinar os custos da sua atividade agrícola;
  • Dividir as despesas da família das despesas específicas da propriedade rural;
  • Pesquisar os fornecedores e sempre cotar os preços;
  • Gastos menores também devem ser anotados;
  • Planejar as vendas.

Utilizar diferentes tecnologias facilitam o planejamento.

Etapas do planejamento operacional da lavoura

Planejamento da safra na agricultura digital

A utilização de diferentes tecnologias facilitam o planejamento, seja nos processos administrativos, armazenamento e operacionais. Além, de análises do desempenho de produtos.

A agricultura digital ajuda você a visualizar de forma detalhada cada talhão da lavoura. Por intermédio de plataformas digitais disponíveis no mercado, você tem acesso fácil a ampla quantidades de dados da propriedade.

As imagens de satélite tem função decisiva quando você estiver na busca de informações para preparar a safra, pois permite melhor gestão da lavoura.

Os instrumentos digitais fazem toda diferença no desempenho do planejamento agrícola.

Planejamento da safra na agricultura digital

Planejamento na compra de insumos

Ao analisar a sua lavoura você consegue definir o plano de ações que deve ser implementado desde antes mesmo da semeadura até a colheita.

Assim, você tem o apoio da tecnologia para adquirir produtos mais adequados para realidade da sua fazenda. Como a compra de sementes ou híbridos, defensivos e fertilizantes na quantidade ideal e com antecedência.

Após delinear ações e de realizar as compras, você deve acompanhar ao longo da safra a execução do que foi planejado.

Planejamento estratégico da produção agrícola

Com o planejamento estratégico são definidas as metas e como alcança-las para aumentar a sua rentabilidade.

Primeiramente, o planejamento estratégico é o desenvolvimento de estratégias a médio e longo prazo que vão aumentar o seu lucro.

O planejamento estratégico envolve produzir mais e com maior qualidade e com algum diferencial. Assim, se cria estratégias competitivas que melhora o seu negócio.

Atualmente, existe softwares de gestão que contribuem para que você quantifique e gere relatórios importantes para o seu planejamento.

O objetivo do planejamento estratégico na sua produção é ver o seu negócio agrícola como empresa e sempre atingir os objetivos definidos.

É essencial o reconhecimento das pessoas envolvidas no seu negócio, pois são todos envolvidos na sua produção. E são fundamentais para o seu sucesso produtivo.

Visto que, o capricho de quem cuida da sua lavoura, desde o tratamento de sementes, colheita e armazenamento que vão determinar a sua produção.

Viu que no planejamento são colocados procedimentos de análises que afetam a sua rentabilidade? Como a análise de mercado e direcionamento da sua produção agrícola.

Planejamento estratégico da produção agrícola

Logo, você tem a função de propor metas e tomar decisões fundamentais para o seu sucesso. Algumas metas são essenciais, como:

  • Selecionar o mercado interno ou externo que receberá a sua produção;
  • Despesas orçadas e realizadas da sua produção;
  • Instante em que o seu produto será estocado ou comercializado;
  • Formato que o seu produto será comercializado;
  • Tendências do setor;
  • Realizar avaliação do que acontece ao seu redor;
  • Economia;
  • Concorrentes;
  • Programas governamentais;
  • Taxas de juros;
  • Mercado futuro;
  • Inflações.

Enfim, você viu que o planejamento da produção agrícola não é simples de ser realizado.

No entanto, se for bem feito trará muitas vantagens a você. Pois, além de você conhecer melhor a sua realidade produtiva, você avalia a situação da sua propriedade agrícola.

E, você decide de maneira mais assertiva qual rumo tomar.

Como você realiza o planejamento da sua propriedade?

programa de pontos do produtor rural - myfarm


Publicado por:
Somos o software de gestão agrícola que vai revolucionar a forma como você administra a sua fazenda.
Share

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *