recursos hídricos

Share

Como planejar corretamente o uso de recursos hídricos para irrigação

Quer saber mais sobre o MyFarm?

Entre em contato e agende uma demonstração com nossos consultores!

Solicitar Teste Grátis

A água é e sempre foi uma preocupação que não se resume somente ao campo. Ela é sinônimo de vida e riqueza.

Você sabia que dos 100% da água que existe em nosso planeta, somente 0,008% é própria para o nosso consumo?

Ainda tem mais! Dos 0,008% de água potável existente em nosso planeta 12% está localizada no Brasil, sim o nosso querido país.

Isso mostra a grande importância que devemos dar a preservação dos nossos rios, lagos e nascentes.

Diante dos dados apresentados, a ciência a cada dia se esforça para criar soluções que nos ajudem a economizar água e a reutilizá-la.

A tecnologia aplicada na agricultura mundial e brasileira faz com que a captação de água e o uso consciente dos recursos hídricos sejam o foco do nosso agronegócio.

ads

Já que a agricultura depende fortemente do clima e da quantidade de chuva nos períodos corretos para que as plantações não sofram.

Então vamos entender um pouco mais sobre a importância dos recursos hídricos para a agricultura e a nossa sobrevivência.

O que são recursos hídricos

Você deve ter ouvido muito sobre conservação da água através da reutilização e da economia nos banhos ou no uso das pias.

Mas, você sabe o que é um recurso hídrico?

Recursos hídricos são as reservas de águas que se encontram na superfície ou no subterrâneo que são próprias para o consumo humano.

No Brasil, temos uma Política Nacional que os regem, a lei nº 9.433 de 08 de janeiro de 1997, e O Programa de Desenvolvimento do Setor Água, conhecido como INTERÁGUAS.

O INTERÁGUAS foi desenvolvido pelo governo brasileiro para alcançar uma boa articulação nas ações no que diz respeito aos recursos hídricos do país.

Isso demonstra a importância que o governo brasileiro dá ao uso correto dos destes recursos do Brasil, já que somos detentores de três grandes bacias hidrográficas.

As bacias hidrográficas que possuem as maiores quantidades de água são:

  1. Bacia Amazônica;
  2. Bacia do Paraná;
  3. Bacia do São Francisco.

Por mais que o Brasil seja um país rico em recursos hídricos ainda existem pessoas que não têm acesso à água potável ou com a qualidade necessária para o consumo diário.

Para amenizar essa situação o governo brasileiro, neste ano de 2022, terminou a obra da transposição do Rio São Francisco. A transposição tem por objetivo levar acesso à água aos moradores do sertão nordestino.

Agora que você sabe o que é recurso hídrico, é importante saber como executar uma boa gestão desse recurso em sua lavoura para obter os melhores resultados.

>>> DOWNLOAD GRATUITO: PLANILHA PARA GESTÃO DE INSUMOS AGRÍCOLAS <<<

Como executar uma boa gestão de recursos hídricos na lavoura

Você, produtor rural, sempre fica preocupado com o clima e como vai ser as chuvas no ano, pois os fatores climáticos influenciam em sua produção.

Graças ao sistema de irrigação feita pelos pivores se tornou possível plantar em áreas antes consideradas inapropriadas para o cultivo.

Por mais que algumas propriedades rurais tenham a opção de usar o sistema de irrigação automatizada através dos pivores, ainda é mais rentável financeiramente cuidar do meio ambiente para que se tenha chuvas regulares e no período correto.

Você já pensou nas consequências de uma severa crise hídrica?

Muitos cientistas estudam formas de plantarmos sem causarmos uma escassez de recursos hídricos, já que o campo é o responsável por trazer alimento para a mesa de todos e por usar cerca de 70% dos recursos hídricos consumidos no globo, segundo a Crop Life Brasil.

Por isso, temos algumas dicas de como você pode executar uma boa gestão dos recursos hídricos em sua propriedade rural.

Leia atentamente para implementar as nossas dicas em sua lavoura!

  • Tenha um sistema de captação de água para o seu reaproveitamento;
  • Use equipamentos de precisão para utilizar da melhor forma a água em sua plantação;
  • Cultive as sementes geneticamente modificadas que produzem uma maior quantidade de grãos com um menor índice de consumo de recursos hídricos;
  • Busque ter um cuidado maior no manejo de sua lavoura.

Pequenas ações fazem a diferença na conta final do consumo dos recursos hídricos disponíveis a nossa sobrevivência.

Bom, esse é o momento de analisar o que você pode fazer para gerir melhor os recursos hídricos em sua fazenda e também entender sobre a política nacional de recursos hídricos feita pelo governo brasileiro.

Descubra qual é a política nacional de recursos hídricos

O governo brasileiro sempre buscou alternativas para a conservação do meio ambiente sem afetar a nossa produção diária.

Por isso, nos deparamos com o surgimento da Política Nacional de Recursos Hídricos, a lei nº 9.433 de 08 de janeiro de 1997.

Essa lei, também conhecida como Lei das águas, determina que os recursos hídricos são um bem que pertencem a toda a população e por este motivo, devem ser usados mediante a liberação do poder público.

Isso faz com que o governo brasileiro controle o uso de nossos recursos para evitar que ocorra um desabastecimento em massa.

Você sabia que a nossa Política Nacional de Recursos Hídricos possui um Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos (SINGREH)?

Esse Sistema tem por foco gerir de forma clara, participativa e democrática o uso dos recursos hídricos do país.

Com a existência deste Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos e dos seus instrumentos de uso exclusivo é possível promover o racionamento, o uso correto das águas e a sua consequente preservação.

O campo, por ser um dos maiores consumidores, vem investindo em tecnologias capazes de reduzir o uso excessivo das águas.

Uma dessas tecnologias é a irrigação feita com o uso de máquinas de precisão que lançam a quantidade exata de água que a planta precisa. Sendo um dos responsáveis pela economia na agricultura.

Vamos saber como essa prática funciona?

Saiba como ter uma irrigação eficiente na lavoura

Os recursos hídricos são essenciais para a sobrevivência humana e deve ser tratado com responsabilidade por todos. Isso inclui o seu uso no agronegócio brasileiro e mundial.

O uso da tecnologia de irrigação com o uso de equipamentos de precisão é uma realidade presente e crescente na agricultura brasileira.

Esses equipamentos são responsáveis por trazer a quantidade exata de água a necessidade atual de cada plantação para que se tenha a umidade adequada para o seu desenvolvimento sem desperdício.

Conclusão

Os recursos hídricos sempre foram uma preocupação para todos, inclusive para a agricultura brasileira que depende muito do clima bom para se ter uma boa safra.

Em vista disso, tanto o governo brasileiro quanto os cientistas vêm enfrentando desafios para controlar o uso em excesso destes recursos pela população e pelos produtores rurais.

Para alcançar esse feito, o governo brasileiro criou diversas leis que regulam o uso das águas, uma delas é a Política Nacional de Recursos Hídricos. Já os cientistas desenvolveram inúmeras tecnologias a serem usadas na agricultura de precisão como o sistema de irrigação e o uso de cultivos modificados.

Mas, o mais importante de tudo é a consciência que todos devemos ter em relação ao uso moderado dos recursos para que não nos deparemos com uma crise hídrica severa.

Quais são as ações que você implantou em sua propriedade rural para o uso correto dos recursos hídricos?


Publicado por:
Somos o software de gestão agrícola que vai revolucionar a forma como você administra a sua fazenda.
Share

O seu endereço de e-mail não será publicado.